Blog Ourofino

Os melhores conteúdos em Saúde Animal

Controle de vermes e carrapatos com Fluatac Duo

Bovinos

Terça-feira, 27 de Dezembro de 2016

Por Marcel Onizuka, especialista técnico em Saúde Animal na Ourofino Saúde Animal

O Brasil é um país de dimensão continental, são 8 milhões de km² distribuídos nos mais diversos ecossistemas, sobre esse rico território estão presentes aproximadamente 213 milhões de cabeças de bovinos, dos quais são produzidos anualmente milhões de toneladas de carne e de litros de leite (ANUALPEC, 2015). Apesar da expressiva produtividade, ainda é possível extrair mais. Em 2014, uma pesquisa nacional demonstrou que a produtividade por animal fica abaixo do seu potencial devido aos problemas ocasionados por parasitos (GRISI et al. 2014).

No ranking dos parasitos que mais provocam prejuízos, os vermes e os carrapatos se destacam dos demais. Juntos eles chegam a provocar perdas na ordem de 10 bilhões de dólares por ano, desses, 7 bilhões são provocados por verminoses e 3 bilhões por carrapatos. De maneira geral os parasitos não provocam a morte dos animais, o prejuízo está relacionado à queda de desempenho por estresse, competição por nutrientes, espoliação dos tecidos, perda de sangue, entre outros (GRISI et al. 2014).

O controle desses parasitos está relacionado com as condições climáticas e ambientais. Tanto os vermes como os carrapatos se desenvolvem melhor em ambiente quente e de umidade elevada, além de esse ser também o momento em que mais ocorrem infestações nos animais. Apesar do momento de maior infestação ambiental ser no período quente e chuvoso, o melhor momento para iniciar o controle é antes, quando a temperatura está amena e o clima está mais seco. Iniciando o controle parasitário previamente ao período de maior desafio, tende-se a reduzir significativamente as infestações ambientais e por consequência nos animais (MARTINS et al. 2005; TAYLOR et al. 2010).

Se tudo o que foi descrito anteriormente for analisado, pode-se concluir que a doença parasitária é um complexo multifatorial, pois depende do ambiente, do clima, do animal e do histórico de tratamentos. Então quando se pensa em controlar os parasitos, não há como fazê-lo considerando-os separadamente, deve-se sim buscar controlá-los simultaneamente, para atingir um limiar de infestação que permita o bom desenvolvimento dos animais. Ao contrário do que se pensa a erradicação não é possível e nem deve ser buscada.

Para essa necessidade de controle completo, a Ourofino Saúde Animal oferece aos pecuaristas o Fluatac Duo, uma associação pioneira entre abamectina e fluazuron que elimina de forma eficaz os principais vermes e controla as infestações por carrapatos dos bovinos. Com o efeito de dois princípios ativos agindo simultaneamente no organismo, o resultado é a eficácia duradoura.

Referências

ANUALPEC, 2015. Anuário da Pecuária Brasileira. São Paulo: Informa Economics FNP, 2015.

GRISI, L.; LEITE, R. C.; MARTINS, J. R. S.; BARROS, T. M.; ANDREOTTI, R.; CANÇADO, P. H. D.; LÉON, A. A. P.; PEREIRA, J. B.; VILELA, H. S. Ressessment of the potential economic impacto f cattle parasites in Brazil. Braz. J. Vet. Parasitol. Jaboticabal, v. 23, n. 2, p. 150-156, abr-jun. 2014.

MARTINS, J. R. S.; FURLONG, J.; PRATA, M. C. A. Carrapato: problemas e soluções. Juiz de Fora: Embrapa Gado de Leite, 2005. 65 p.

Taylor, M. A. et al. Ectoparasitos facultativos e vetores artrópodes. In: TAYLOR, M. A.; COOP, R. L.; WALL, R. L Parasitologia Veterinária. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. p. 571-634, 2010.

 

Compartilhe esta notícia:

Comentários

leidiane

Quinta-feira, 05 de Janeiro de 2017

Gostei !!!

Ourofino Saúde Animal

Quinta-feira, 05 de Janeiro de 2017

Obrigada, Leidiane. Abraços para você!

Deixe o seu comentário

Confira outros posts

Mastite: de quem é a culpa?

Todo produtor de leite se questiona, quase que diariamente, sobre o motivo de os animais da propriedade terem mastite. A questão é muito complexa para ser respondida de maneira direta, pois a mastite não deve ser vista como uma ...

Confira
Ourofino Saúde Animal

Controle de resíduos de antimicrobianos no leite

  Por que se preocupar com resíduos de antimicrobianos no leite? Os antimicrobianos são substâncias produzidas por microrganismos ou por síntese laboratorial que possuem capacidade de eliminar (antibiótico) ou inibir (quimioterápico) microrganismos. A utilização ...

Confira
Ourofino Saúde Animal

É possível realizar o protocolo de aleitamento em novilhas atrasadas?

O manejo reprodutivo das novilhas de uma propriedade voltada à produção de leite é fundamental para se atingir a máxima eficiência produtiva. O investimento em genética de qualidade, bem como o acompanhamento do médico-veterinário para definir ...

Confira
Ourofino Saúde Animal
Carregar mais posts